Vereador se reúne com deputados e conquista recurso para construção de estátua de Anselmo Duarte

O vereador Daniel Bertani esteve na última semana na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para apresentar aos deputados os projetos encaminhados pelos secretários municipais e conquistar recursos para suas realizações.

Ao longo de um dia inteiro, Daniel disse ter visitado 63 gabinetes, alguns deles de deputados com grande representatividade no município, entretanto, o vereador citou grandes dificuldades para ao menos conseguir ser ouvido pelos representantes estaduais. “Da até desgosto de falar, mas a maioria dos nossos representantes que não deu nem pra conversar”, explicou enquanto fazia uso da tribuna da Câmara, na sessão da última terça (7).

Chamou a atenção na fala do vereador, o posicionamento do deputado Rafa Zimbaldi (PL), que não aceitou conversar com o vereador sem a presença de Henrique Balseiros. “Tive uma surpresa com o Rafa Zimbaldi. Ele falou que só falaria comigo na presença do Henrique Balseiros. O Henrique nem sabia. Para você ver o nível… É complicado. Esse que mais fingem que nos apoiam são os que mais faltam nas sessões, os que mais apoiam o governo”.

Apesar das dificuldades, Bertani relatou ter sido bem atendido por outros deputados e não voltou de mãos abanando. O vereador afirmou ter conquistado um recurso para a construção de uma estátua em homenagem à Anselmo Duarte. “Saí de lá com apenas uma emenda consolidada, que é o projeto do Wanderley Rigolin a respeito da estátua do Anselmo Duarte. Em prioridades essa seria a última, mas por conta da Saúde, está complicado; algumas secretarias não enviaram projetos; e uma deputada se identificou com alguns projetos, agora cabe ao secretário enviar o projeto detalhado. A ponte já foi feita”, afirmou.

Monumento será construído no Complexo da Cachoeira

Procurada pela reportagem do PRIMEIRAFEIRA, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo informou que a estátua será construída no Complexo da Cachoeira, na parte onde fica o “espelho d’água”, registrando Anselmo Duarte em sua velhice, como viveu seus últimos dias na cidade.

A escultura será feita em bronze, com Anselmo sentado em um banco de granito, em tamanho real, o que irá possibilitar aos saltenses e turistas sentarem ao lado para o registro fotográfico. O valor estimado da obra é de R$ 145 mil.

Posts Relacionado

IFSP-Salto está com inscrições abertas para cursos técnicos gratuitos

O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) está com inscrições abertas para o ingresso de novos estudantes, no primeiro semestre de 2022, para cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes da Instituição. Todos os cursos são gratuitos, sem cobrança de mensalidade ou de taxa de matrícula.