Saúde da mulher e a pandemia

A mulher tradicionalmente sempre cuidou de sua saúde muito mais que o homem.

Infelizmente o ano de 2020 nos surpreendeu de uma maneira inédita onde fomos obrigados ao confinamento, a perda do convívio social e restrições severas em nossas rotinas.

Essa Pandemia nos trouxe, além dela, outras preocupações principalmente para a mulher acostumada com sua rotina preventiva. Dados de várias cidades e universidades mostraram que houve uma redução de 40% das mamografias realizadas. Isso é muito preocupante, pois além de protelar diagnósticos, traz a paciente em estágios mais avançados da doença, que perdem a chance de fazer um tratamento mais brando e menos agressivo.

Até mesmo o consagrado Outubro Rosa, teve uma percepção bem abaixo do esperado na sensibilização do combate ao câncer de mama.

Vamos lembrar que o Outubro Rosa é um mês de sensibilização mas a rotina preventiva deve ser realizada o ano todo, além do que não é só o câncer de mama que a mulher pode prevenir. Há também outras doenças importantes que a mulher deve vigiar e se prevenir, como obesidade, diabetes e outras doenças neoplásicas.

A Pandemia nos trouxe grandes desafios na saúde preventiva e como realiza-la em tempos de incerteza e limitações.

Avançamos na Telemedicina, cada dia mais usamos ferramentas como o Whatsapp e outros aplicativos de comunicação e consulta.

Portanto a mulher deve, cada qual com a sua disponibilidade, manter a rotina preventiva com Mamografia, coleta de Papanicolaou, exames sanguíneos e outros que se fizerem necessários conforme os antecedentes e o aconselhamento médico.

Mulher não deixe sua prevenção e sua saúde perder para estes tempos de pandemia.

Mulheres, muita saúde!

A humanidade depende de vocês.

Posts Relacionado

Cidadão pode fazer sugestões de investimentos ao Governo do Estado

Já está disponível no site www.audienciasdoorcamento.sp.gov.br o acesso ao cidadão para formular sugestões na Audiência Pública Eletrônica para elaboração da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) do próximo ano. A participação segue até domingo (11), apenas pelo meio eletrônico por causa da pandemia do Covid-19. A