São Camilo desmente que médico foi detido e garante que profissional possui credenciamento

Diversas postagens nas redes sociais feitas nesta quinta-feira (11), relatavam que um falso médico teria sido detido no Hospital Municipal Nossa Senhora do Monte Serrat na noite de quarta-feira (10). Porém, a reportagem do PRIMEIRAFEIRA apurou junto a instituição que o profissional está regularmente credenciado e apto para exercer o cargo. “O Hospital e Maternidade Nossa Senhora do Monte Serrat informa que todos os documentos do médico Dr. Bertino Rumarco da Costa foram verificados antes de o referido profissional fazer parte do quadro de plantonistas da Pediatria deste Hospital e que seu CRM está regular, o que o credencia a trabalhar em sua profissão”, detalhou a direção do Hospital saltense, através de sua assessoria de imprensa.

O São Camilo disse também que, diferente do que foi veiculado em redes sociais, o médico não foi detido, e sim, se apresentou por conta própria para prestar os devidos esclarecimentos. “É importante ressaltar ainda que o médico não foi conduzido à Delegacia e nem tampouco detido, tendo se deslocado voluntariamente ao Distrito Policial, na noite de 10/07, a fim de apresentar os documentos que garantem sua atuação na Medicina”, explicou a administração do Hospital Municipal Nossa Senhora do Monte Serrat.


A reportagem completa você confere em nossa edição impressa desta sexta-feira.

Posts Relacionado

Vereador que instituir Hip Hop como Patrimônio Imaterial do Município

O vereador Michel Oliveira, que substitui o vereador licenciado, Antonio Cordeiro, apresentou um Projeto de Lei que declara como Patrimônio Cultural de natureza imaterial do Município de Salto a cultura Hip-Hop. A proposta tornaria o Poder Público Municipal o responsável pelo desenvolvimento, fortalecimento e visibilidade

Nova fase de flexibilização começa a valer no domingo

A partir deste domingo (1º de agosto) o Estado de São Paulo entra em uma nova fase de flexibilização para o comércio e o funcionamento das atividades econômicas em geral. A fase de transição seguirá até o dia 16 de agosto, com a atual taxa