Salto está com 80% da população vacinada contra Covid-19

A vacinação contra Covid-19 em Salto está dentro do esperado. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, 80% da população já recebeu ao menos uma dose da vacina. Esse número engloba jovens de 12 anos até idosos acima dos 90 anos, que é o público alvo da vacinação.

Conforme o último boletim divulgado pela Prefeitura, foram mais de 96 mil saltenses que receberam a primeira dose e cerca de 45 mil pessoas que já estão com as duas doses da imunização. Nesta semana teve início a vacinação da terceira dose para idosos, a partir de 90 anos, que já haviam tomado a segunda dose há no mínimo seis meses.

O secretário da Saúde de Salto, Márcio Conrado, informou que aproximadamente duas mil pessoas não tomaram a segunda dose da vacina, mas que a Prefeitura está realizando a “busca ativa”, que consiste em ligar para a pessoa que era para ter sido vacinada e não compareceu, visando agendar um novo dia.

Variante Delta

Quanto ao jovem que foi contaminado pela variante Delta, o mesmo assim como sua família continua sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica da cidade. Eles estão isolados, em casa, e não apresentam nenhum sintoma da doença. Apesar da contaminação ser mais rápida e abrangente, apenas o adolescente testou positivo para a doença. “Tudo indica que o contágio ocorreu fora de Salto, pois estavam em viagem e quando retornaram o jovem já estava contaminado”, explicou o secretário.

A Secretaria da Saúde informa que até o momento não houve nenhum outro caso da variante Delta confirmado na cidade.

Internações caem

Outro ponto positivo em relação ao combate do Covid-19 é que as internações nos hospitais da cidade diminuíram nos últimos dias. Em relação ao número de óbitos, a secretaria esclareceu que ainda são registrados, pois as confirmações levam um tempo para serem computadas. “Há um ciclo de óbitos mais antigos e também casos de saltenses que acabam falecendo em outro município e o registro só é feito para Salto depois de um período”, explica Márcio Conrado.

Nesta quinta-feira (8), a UTI do Hospital Municipal tinha dois pacientes internados, enquanto a UTI Covid da Unimed registrava apenas um paciente. A Clínica Médica do Hospital Municipal está com 17% de ocupação (04 pacientes) e da Unimed tem 13% (03 pacientes). Sãos os menores números registrados no ano.

O secretário, porém, enfatiza que embora a situação esteja mais tranquila neste momento, ainda não é possível afrouxar as medidas de combate ao Covid-19. “Hoje a situação não é crítica, mas continua exigindo cautela e atenção”, concluiu.

Posts Relacionado