Salto cria barreiras sanitárias, mas locais e horários não serão informados

A Prefeitura de Salto irá instalar barreiras sanitárias em alguns pontos da cidade. A medida foi tomada em consenso junto com os demais prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba, da qual a cidade faz parte. O prefeito Laerte Sonsin explicou que a iniciativa visa monitorar a chegada de pessoas de outros municípios, como São Paulo, que a partir desta sexta-feira (26) terá um feriado prolongado de 10 dias.

“Infelizmente, sem consultar ou comunicar as demais cidades, São Paulo antecipou os feriados e só na capital serão 10 dias de feriados. Isso vai provocar um êxodo da população da grande São Paulo e Salto é um dos destinos. Sabemos que muita gente tem chácaras e vão vir pra cá. Por conta disso implantaremos barreiras sanitárias, que serão controles de acesso das pessoas de outras cidades”, destacou.

Porém, o prefeito saltense disse que por estratégia, não serão revelados os lugares nem os horários em que essas barreiras estarão funcionando. “As barreiras serão implantadas em alguns pontos estratégicos, mas não podemos divulgar os locais nem os horários desses pontos por questões estratégicas”, disse Laerte, informando também que o controle será feito pela Guarda Civil Municipal em conjunto com Secretaria de Saúde.

“Não haverá proibição de entrada de pessoas na cidade, faremos a aferição de temperaturas, anotação de telefones e de endereço e encaminhamento de pessoas que estejam com síndrome gripal para as unidades de saúde”.

De acordo com a Prefeitura, está vedado o acesso de ônibus e similares com grupos de turistas, além de também vedar a realização de festas e confraternizações que gerem aglomerações, sendo que as autoridades vão se valer de todos os meios disponíveis para garantir a fiscalização, incluindo o uso de drones para registros com vídeos e fotos. “Caberá aos síndicos de condomínios, loteamentos fechados promoverem a orientação e atos de fiscalização”, informou o vice-prefeito, Edemilson Pereira dos Santos.

A medida também estabelece que os supermercados e mercados deverão manter controle de acesso, bem como aferir a temperatura e higienização, se atentar aos protocolos sanitários, sendo que apenas um membro de cada família terá o acesso, ressalvadas exceções devidamente justificadas.

Posts Relacionado

Cidadão pode fazer sugestões de investimentos ao Governo do Estado

Já está disponível no site www.audienciasdoorcamento.sp.gov.br o acesso ao cidadão para formular sugestões na Audiência Pública Eletrônica para elaboração da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) do próximo ano. A participação segue até domingo (11), apenas pelo meio eletrônico por causa da pandemia do Covid-19. A