Salto completa três meses seguidos com saldo positivo na geração de empregos

Puxado pelo bom desempenho dos setores de Comércio e Indústria, o mercado de trabalho em Salto criou 190 empregos com carteira assinada em setembro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na última sexta-feira (30/10). Foi o terceiro mês consecutivo de abertura de vagas formais na cidade.

O saldo de setembro decorre de 968 admissões e 778 desligamentos. O setor que mais gerou emprego no nono mês do ano foi o da Indústria, com 310 contratações e 205 demissões, o que gerou um saldo positivo de 114 vagas. Depois aparece o Comércio, com 55 novas vagas criadas (230 admissões contra 175 desligamentos). O setor de Serviços teve 388 contratações e 360 demissões, resultando em um saldo positivo de 28 vagas. A agropecuária zerou, com duas admissões e duas demissões e o único setor que teve saldo negativo foi o da Construção, com 29 contratações e 36 desligamentos.

No acumulado do ano (janeiro a setembro), o saldo do Caged continua negativo. São 7.135 admissões contra 7.291 desligamentos, o que significa que foram fechados 156 postos de trabalho em Salto. O melhor desempenho para o período fica para o setor da Indústria, que mesmo com a crise provocada pela pandemia do Covid-19, apresenta saldo positivo de 135 vagas, com 2.240 contratações e 2.105 demissões.

Comércio apresenta reação

O resultado dos últimos dois meses foi puxado pelo setor do Comércio, que gerou mais de 100 postos formais. Foram 55 vagas de empregos abertas em setembro e mais 61 que tinham sido geradas em agosto. O setor deve evoluir ainda mais, uma vez que nos meses de outubro e novembro ocorrem as chamadas contratações temporárias para o final do ano.

Região

Na comparação com os municípios da região, o desempenho de Salto no mês de setembro só foi melhor que o de Elias Fausto, cujo saldo positivo foi de 74 vagas de trabalho abertas. O município que se destacou foi Indaiatuba, registrando 876 postos de trabalho. Itu teve 335 vagas abertas; Porto Feliz criou 277 postos formais e Cabreúva registrou 230 novas vagas de trabalho.

Porém, no acumulado do ano (janeiro a setembro), apenas dois municípios da região possuem saldo positivo na geração de emprego: Porto Feliz e Elias Fausto. O pior resultado é o de Itu, que registra o fechamento de 1.360 postos de trabalho. (confira o quadro)

Posts Relacionado

Amor em dose dupla

Eu tenho em minha mente a memória do dia dezenove de janeiro de 2020 como se fosse ontem. Na verdade a história começa no dia dezoito, por volta das onze horas da noite, quando começou a estourar a bolsa do Matias, os gêmeos estavam prestes

2021 chegou e agora?

Ano novo chegou e que tal pensarmos em transformações em nossas vidas? Que as transformações ocorram de dentro para fora. Ano novo e é tempo também de pensar, de refletir sobre o ano que passou, as conquistas, o que foi bom, os objetivos alcançados, os