Presidente da Câmara diz que problema da falta de água é culpa do aquecimento global

O presidente do Legislativo saltense, Lafaiete Pinheiro dos Santos, fez uso da Tribuna Livre nesta semana para falar sobre a questão da falta de água. O vereador admitiu que a cidade está enfrentando problemas, mas relatou que a situação é mundial e tem sido provocada pelo aquecimento global. “Em momento algum o prefeito está justificando falta de água ou se escondendo. Houve a falta de água, a gente sabe que aconteceu. A falta de água está no mundo. O aquecimento global está praticamente no mundo inteiro. A gente está vendo os Estados Unidos acabando com fogo, a gente está vendo a Califórnia, a Argentina, o Brasil em vários pontos, um monte de lugar. Então, realmente a seca está complicada. E isso vem a atingir, não só a cidade de Salto. Não estou aqui justificando os acidentes, os problemas que aconteceram com a falta de água, mas Sorocaba está com problema gravíssimo, Itu está (com falta de água), nós precisamos se preocupar com a nossa (cidade) e em momento algum alguém deixou de trabalhar e correr atrás para que isso não acontecesse”, desabafou.

Lafaiete aproveitou o momento para criticar alguns vereadores que, segundo ele, insistem em achar culpados pela situação. “Eu vejo vereadores aqui, que na semana passada fizeram ataque de água. Esta semana não falaram quase outra coisa a não ser a falta de água, que a culpa é do prefeito, culpa do Executivo, parece que só joga a culpa para o Executivo, dá a impressão que nós não temos culpa de nada, que nosso trabalho aqui é só atacar e só criticar.

Aí é fácil, só ficar com pedras na mão para atirar a todo momento”, reclamou.

O presidente da Câmara dos Vereadores também comentou sobre o trabalho que vem sendo feito pelos funcionários do Saae. Lafaiete disse que muitos deles enfrentam situações perigosas no dia a dia. “Os funcionários do Saae estão de madrugada, o tempo inteiro trabalhando. Tenho vídeos que mostram funcionários deitados, trocando registros quebrados dentro de poças d’água, quase se afogando. E o Saae tem muitos funcionários que estão no grupo de risco da pandemia, com mais de 60 anos”, explicou.

Por fim, Lafaiete rechaçou que todas as críticas ao Executivo já são parte da campanha eleitoral. “Acabou o tempo antigo de fazer campanha xingando os outros, criticando, denegrindo a imagem do outro. Temos que crescer, com ética, falando a verdade, reconhecendo. Não precisa falar bem de ninguém, mas precisa reconhecer o trabalho de cada um”, finalizou.

“Precisamos vender uma imagem melhor da cidade”, diz Lafaiete

“Tem notícias boas!”. Foi assim que o presidente da Câmara iniciou seu pronunciamento na Tribuna Livre da Câmara, na sessão da última terça-feira (22). Lafaiete Pinheiro dos Santos disse que não é só “coisa ruim” que tem em Salto e que as coisas boas precisam ser valorizadas. “A gente só precisa acreditar mais, ter fé, e valorizar mais o que temos na cidade. Salto é acolhedora, tem muitas coisas boas, empresários querendo investir na cidade, e vão investir”, afirmou.

Na sequência, o presidente do Legislativo criticou o posicionamento dos oposicionistas, aos quais atribuiu “ter ódio no coração”. “Eu vejo vereadores atacando demais a nossa cidade, falando mal, muitas críticas, muitos ataques, parece algum ódio dentro do coração. Precisamos vender uma imagem melhor da nossa cidade”, argumentou.

Lafaiete ressaltou que tem muitos empresários manifestando o interesse de estar investindo na cidade, mas que para isso é necessário que a Câmara colabore. “Que empresário vai querer investir na cidade, se a gente vem aqui e só fala mal?”, indagou. Depois, aproveitou para destacar a excelente localização do município. “A nossa cidade está num eixo que tem saída para vários estados, para várias capitais. Uma ligação para Campinas, o aeroporto de cargas e passageiros, está a 20 quilômetros daqui. Temos Sorocaba, as rodovias Santos Dumont, Castello Branco e Bandeirantes, todas passando perto da gente. Então, é uma cidade que tem potencial para crescer, vai crescer e está crescendo”, complementou.

Lafaiete ainda citou a situação do Covid-19 no município que, segundo ele, está melhorando. “ A questão do Covid começa a diminuir, graças a Deus! Ainda está um pouco cedo, mas já começa a diminuir e as coisas já começam a andar melhor”, declarou.

Avatar

Caio Vinícius Dellagiustina

Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *