Presidente acusa Márcio Conrado de faltar com ética e respeito na Câmara

Mais uma vez a sessão do Legislativo saltense foi marcada por confrontos envolvendo vereadores. Nesta semana, o “embate” foi entre o presidente Lafaiete Pinheiro dos Santos e o vereador Márcio Conrado. O fato ocorreu durante a discussão de um requerimento que pedia a convocação do secretário de Governo para dar explicações na Câmara. Ao se pronunciar, Márcio Conrado disse que outros secretários já não haviam comparecido à Câmara e disparou: “Cai naquilo que sempre falo, que essa Casa é submissa ao Poder Executivo”.

Após todos os vereadores se pronunciarem, o presidente do Legislativo, Lafaiete Pinheiro se dirigiu a Conrado e criticou a postura do vereador. “Gostaria de falar para o vereador Márcio Conrado que está sempre faltando com a ética e com o respeito com essa Casa. Isso não é digno de um vereador, que tem todo conhecimento e sabe do regimento dessa Casa. Em todo momento diz que essa Casa é submissa ao Executivo. É antiético, falta de ética com os demais vereadores, inclusive inclui até ele, pois se a Casa é submissa, como ele é vereador dentro da Casa, então é submisso também”.

O presidente também se mostrou incomodado com as constantes críticas do vereador. “Se os vereadores aceitam isso (serem chamados de submissos), eu não aceito, e nem podemos aceitar. Precisa ter mais respeito com os companheiros”, compeltou.

Nesse momento, Márcio pediu para fazer uma correção, mas Lafaiete não deixou. Mesmo assim, o vereador bradou em seu microfone: “O senhor (Lafaiete) é submisso. Não é a casa, é só o senhor”, proferiu Conrado.

Ainda com a palavra, Lafaiete retrucou: “O senhor é que é submisso. Só grita aí, mas não resolve nada. Não faz nada. Qual o projeto que tem? Só vem aqui para falar mal. Nunca fala de projeto, só reclama, não tem nada de bom. Tem o coração cheio de ódio, coisa ruim”, concluiu o presidente do Legislativo saltense.

Porém, o assunto continuou, de forma mais branda, quando ambos fizeram uso da Tribuna Livre.

Conrado foi o primeiro a falar, e começou seu pronunciamento comparando seus requerimentos com os de Lafaiete. “Poderia vir aqui (na Tribuna) todo nervoso, mas não vou discutir com vossa excelência (Lafaiete) meu trabalho. Só esse ano, entre indicação e requerimento, tem mais de 30 deste vereador (Conrado). O senhor (Lafaiete) só tem três requerimentos esse ano apresentados. Mas não leve para o pessoal essa minha explicação”, disse Conrado.

Em sua fala, Lafaiete rebateu novamente as declarações de Márcio Conrado e disse que apresentar requerimentos não é parâmetro de trabalho. “Estamos aqui para discutir o bem comum da população. Não dá para avaliar o vereador, de que o vereador que mais fez requerimento é o que mais trabalha. Não é isso que diz que o vereador é melhor ou pior. Tem vereador que não fica constantemente nas redes sociais, mas trabalha sim. Eu não me vejo melhor que nenhum vereador aqui dentro, mas também vejo que não sou o pior”, disse Lafaiete, que ainda aproveitou para “cutucar” os vereadores que gostam de se promover nas redes sociais. “Tem vereadores que usam as redes sociais, mais para aparecer do que para resolver o problema”, finalizou.

Avatar

Caio Vinícius Dellagiustina

Jornalista

Um comentário em “Presidente acusa Márcio Conrado de faltar com ética e respeito na Câmara

  • Avatar
    5 de junho de 2020 em 12:30
    Permalink

    Que existem vereadores submissos ao executivo é evidente… Se o numero de vereadores submisso superar 2/3 dos edis já se pode dizer que o legislativo tambem é submisso, pois as decisoes deste parlamento obviamente será sempre favoravel ao executivo mesmo que estas decisoes não sejam do interesse da populacao…E atualmente parece que a maioria das secisoes não estão atendendo interesses do povo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *