Prefeitura determina nova área para o estacionamento rotativo

O novo decreto, que regulamenta o estacionamento rotativo, apresenta uma série de mudanças na legislação, tais como a ampliação das vias que contarão com o serviço, os valores a serem cobrados pela empresa que vier a gerir o sistema e os horários de funcionamento. A publicação do documento, com a assinatura do prefeito Laerte Sonsin, ocorreu na terça-feira (11), no Diário Oficial do Município. O decreto regulamenta a Lei Municipal 3.242/2013 que dispõe sobre o estacionamento rotativo pago na cidade.

A principal mudança, sem dúvida, está na ampliação das ruas que contarão com o sistema. Ao todo, serão 4,3 quilômetros de vias com o serviço, entre elas ruas que hoje não possuem o limite de tempo para estacionar, como a Sete de Setembro, Itapiru, Rodrigues Alves e Quintino Bocaíuva.

Além delas, o estacionamento rotativo será ampliado em outras ruas. Na Rua Rio Branco, por exemplo, o estacionamento rotativo que hoje termina no cruzamento com a Rua Itapiru, se estenderá até a rua Dr. Euclides de Carvalho Nogueira, próximo à escola Leonor Fernandes. Na Rui Barbosa, o estacionamento rotativo que atualmente se encerra também no cruzamento com a Itapiru, irá até o cruzamento com a 24 de Outubro. Já na Prudente de Moraes, o serviço compreendido entre as ruas Monsenhor Couto e Dom Pedro II, passará a funcionar até a rua Quintino Bocaíuva.

Outra mudança diz respeito ao tempo de funcionamento do serviço que foi reduzido, passando a vigorar das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira e das 10h às 13h, aos sábados. Isso significa uma redução de uma hora no período de funcionamento, que atualmente termina às 17h. O valor das tarifas também foi estabelecido como sendo de R$ 1,50 para o período de uma hora e de R$ 3,00 para ocupação da vaga por duas horas.

Além disso, a de utilização da vaga de estacionamento rotativo será adquirido pelo usuário por meio de tíquete eletrônico ou avulso, com período máximo de 2 horas em cada vaga. Findado o período de permanência fixado pela sinalização regulamentadora, o proprietário deverá remover o veículo da vaga, sob pena de ser autuado após 30 minutos do vencimento do tempo máximo de permanência. O Departamento de Trânsito do Município será o responsável pela organização, gerenciamento e fiscalização da concessão para exploração de estacionamento rotativo.

Vale ressaltar que o sistema de estacionamento rotativo do município está inativo. O edital para a licitação da nova empresa que fará o gerenciamento do serviço está em andamento. Após essa etapa, da definição da empresa responsável, é que a medida passa a ser aplicada.

Comerciantes não foram consultados

Como a medida irá afetar diretamente os comerciantes da cidade, a reportagem do PRIMEIRAFEIRA conversou com o presidente da Associação Comercial de Salto, a  Acias, Waldimir Lara. Inicialmente, ele disse que sequer tinha conhecimento da mudança e em sequência, reforçou que a entidade e os comerciantes não foram procurados para opinar sobre as alterações. “Não estávamos sabendo e ninguém pediu nada”, garantiu Waldimir.

Alguns comerciantes já estão preocupados com as futuras mudanças. “Acho que será prejudicial. Eu até tenho um estacionamento para os clientes, mas não vou poder mais deixar outras pessoas estacionarem no local para não ficar sem espaço”, falou Adilson Pecchio, dono de uma loja de materiais de construção na Rua Rio Branco.

Ampliação era um desejo antigo do vice

A edição do PRIMEIRAFEIRA de dia 3 de março de 2017 mostrou que o vice-prefeito Edemilson dos Santos, que na época era vereador e fazia parte da Comissão de Representação da Câmara, participou de uma reunião na prefeitura, com o então secretário de Governo, Gilmar Mazetto, para discutir possíveis mudanças no trânsito Na época a Comissão defendia “um novo modelo operacional e a ampliação da área de abrangência, com a ampliação da área, elevando para um número mínimo de 1.200 vagas de estacionamento”, o dobro do que era naquele momento.

Posts Relacionado

Eventos são adiados em virtude da pandemia

É uma questão de prevenção, dessa forma a medida adotada pela Prefeitura informou o cancelamento do 1º Encontro de Clássicos de Salto, evento que seria realizado no domingo no Pavilhão das Artes e confirmou, também, o adiamento do Salto Beer’s Fest, para os dias 4,

Governo reduz para 7 dias isolamento de pacientes com Covid-19

O Ministério da Saúde decidiu reduzir de dez para sete dias o período recomendado de isolamento para pacientes com Covid-19. Segundo informação publicada pela Agência Brasil, a atualização do guia de vigilância epidemiológica para a Covid-19 do Ministério da Saúde, caso não haja mais sintomas

Vacinação de crianças contra a Covid terá início terça-feira

A Secretaria da Saúde de Salto iniciará a vacinação das crianças contra a Covid-19 nesta terça-feira (18). Inicialmente será contemplado o público de 05 a 11 anos com comorbidades, conforme listagem abaixo. Serão 530 doses disponíveis inicialmente. A divulgação das próximas datas de vacinação será

Vice-prefeito assumirá interinamente mais uma secretaria

Edemilson dos Santos terá trabalho extra nos próximos dias. Isso por que, além da função pelo qual foi eleito, ele já responde, interinamente, pela Secretaria de Governo, desde que o então secretário Francisco José Procópio deixou o cargo, em dezembro do ano passado e, a