Prefeitura arrecadou cerca de R$ 6,5 milhões a menos do projetado para o ano de 2020 com IPTU

Conforme o Balancete de Receitas Orçamentárias referentes ao Exercício 2020, publicado no Diário Oficial do último sábado (30), a Prefeitura de Salto deixou de arrecadar aproximadamente R$ 6,5 milhões com a arrecadação da cobrança de IPTU.

A estimativa do Poder Público era faturar R$ 55,7 milhões, mas com os pagamentos confirmados até o dia 31 de dezembro de 2020, o montante recebido foi de R$ 49,1 milhões. Por outro lado, as multas e juros referentes ao mesmo imposto ajudaram a incrementar o orçamento. A estimativa era faturar R$ 1,7 milhão com as cobranças, mas o saldo em dezembro superou os R$ 4 milhões. Procurado, o Executivo não comentou sobre o assunto.

As multas de trânsito também renderam menor do que o esperado aos cofres públicos. Era esperado um faturamento de pouco mais de R$ 3 milhões com as autuações, mas o montante não superou os R$ 2,9 milhões.

Posts Relacionado

Vereador que instituir Hip Hop como Patrimônio Imaterial do Município

O vereador Michel Oliveira, que substitui o vereador licenciado, Antonio Cordeiro, apresentou um Projeto de Lei que declara como Patrimônio Cultural de natureza imaterial do Município de Salto a cultura Hip-Hop. A proposta tornaria o Poder Público Municipal o responsável pelo desenvolvimento, fortalecimento e visibilidade

Nova fase de flexibilização começa a valer no domingo

A partir deste domingo (1º de agosto) o Estado de São Paulo entra em uma nova fase de flexibilização para o comércio e o funcionamento das atividades econômicas em geral. A fase de transição seguirá até o dia 16 de agosto, com a atual taxa