Prefeitura apresenta o que deve fazer com o orçamento de mais de 500 milhões previsto para o ano que vem

Você sabe onde serão investidos parte dos impostos pagos ao longo deste ano? Muitos sequer se atentam a isso ou sabem a real utilização do dinheiro público, entretanto, conhecer o planejamento feito pelo Executivo é uma das formas que temos de cobrar nossos governantes para que cumpram tudo o que foi planejado. A proposta foi apresentada ao público em geral na manhã da última segunda-feira (22), na Audiência Pública, realizada na Câmara de Vereadores.

A apresentação das receitas e gastos previstos para o exercício de 2022 mostrou de forma detalhada onde serão investidos os mais de R$ 500 milhões, que são esperados para o próximo ano pelo Executivo. O contador da Prefeitura, Israel Demetrius Franchi, explicou que é a primeira vez, no município, que a Secretaria de Educação supera a verba destinada para a Saúde. “Ocorreram dois fatos que já tratamos em oportunidades anteriores: o repasse do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) aumentou, que por um lado é bom, pois dá para melhorar os serviços, e, por outro lado, quando isso ocorre repentinamente, é preciso correr para investir esse recurso para não gastar dinheiro à toa; e, o outro, é o repasse do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) que diminuiu”.

O contador citou as dificuldades fazer o orçamento do próximo ano em aproximadamente 40 dias. “Conseguimos concluir a Lei Orçamentária Anual (LOA) no limite do prazo final para a apresentação e ainda tinha que passar por assinaturas. O tempo para concluir a LOA foi muito curto. Claro que temos algumas ferramentas para fazer as projeções com a maior segurança possível, mas não são cem por cento seguras”, completou.

Na sequência, a secretária de Finanças, Adriana Lourenço, mostrou como algumas das pastas investirão os recursos. A secretaria de Cultura, por exemplo, já conta em seu planejamento com o retorno das tradicionais festas culturais, como, por exemplo, a Festa Ítalo Saltense e as comemorações do aniversário de Salto, que devem ser realizada em junho. A Festa Nipo-brasileira de Salto está prevista para agosto de 2022. A secretaria de Cultura também pretende organizar uma festividade em celebração ao Dia do Sertanejo em maio; a Festa do Salto, em setembro; e a Parada Gay, em julho.

Outro evento tradicional que deve voltar a ser realizado no próximo ano, em março, é o espetáculo da Paixão de Cristo. Outras ações, como shows dos mais diversos estilos musicais estão previstos para todo o ano, começando com um show de rock em janeiro. Ainda no primeiro semestre, em abril, a expectativa é promover o Festival Anselmo Duarte. Já em outubro, outra atração que deve movimentar a programação cultural da cidade é a Mostra Estudantil de Teatro. A prefeitura garantiu que vai priorizar artistas saltenses nas apresentações, uma forma de auxiliar o setor que foi bastante impactado durante a Pandemia da COVID-19 em virtude das restrições que impediam aglomerações de pessoas, seja em bares, casas noturnas ou, até mesmo, espetáculos.

PREVISÕES

Carros abandonados serão retirados das ruas

A Secretaria de Defesa Social pretende remover os veículos, que estão abandonados em vários pontos da cidade, de acordo com o que foi regulamentado pela lei municipal nº 3595/2016, que criou o Serviço Municipal de Apreensão, remoção, guarda e depósito de veículos. Também existe a proposta de promover a utilização de meios de transportes alternativos, além de incentivar o uso de bicicletas, com a criação de bicicletários públicos.

A volta da Feira das Indústrias

A secretaria de Desenvolvimento Econômico planeja retornar com a realização de uma feira, voltada para o segmento de indústria e comércio, além de implantar projetos que fomentem novas empresas e startups na cidade. Mas a novidade será a implantação da linha turística, com uma “jardineira”, que é um ônibus turístico para fazer os passeios pela cidade.

Vale creche

Na Educação, a previsão é criar o “Vale Creche”, um projeto que ainda está em estudo. Segundo explicação da secretaria de Finanças, o Vale Creche será um termo de convênio com instituições cadastradas para atendimento de 120 crianças de zero a três anos e, com isso, reduzir a lista de espera de vagas na educação infantil.

A pasta também tem projetos para construção de um bloco de oito salas nos Cemus XIII, VII e X,  duas creches, uma no Parque Imperial e outra no Laguna, para 376 crianças cada. Uma unidade de educação infantil junto ao Cemus VI, além de creches nos bairros Soberano, Santa Efigênia, Jardim dos Eucaliptos e Jardim das Constelações estão em estudo por parte da secretaria e podem vir a sair do papel no próximo ano.

A Secretaria confirmou também a manutenção do Cartão Material Escolar, para aquisição de material escolar para mais de 9 mil crianças.

Competições locais entre escolas e indústrias

Por parte da Secretaria de Esportes a proposta é implementar competições esportivas em diversas modalidades, além do retorno dos jogos interescolares, em, pelo menos, quatro modalidades: futsal, vôlei, corrida pedestre e queimada. Além disso, está prevista uma programação esportiva em comemoração à Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

Fim do IPTU impresso

A Secretaria de Finanças aposta em uma economia de mais de R$ 170 mil com a implementação do IPTU Digital, dessa forma serão reduzidos os serviços gráficos e de postagem. Ou seja, não haverá mais a distribuição do carnê, que costumeiramente chegava à população em suas casas. Os detalhes sobre a proposta devem ser divulgados em breve.

Mais árvores

A Secretaria de Meio Ambiente espera plantar quase três mil árvores. O Parque do Lago deve ser contemplado no próximo ano com um projeto específico, também estão previstas ações para a restituição vegetal e nascentes, com o intuito de buscar novas fontes de fornecimento de água.

28 mil buracos para serem tampados

A Secretaria de Obras prevê para o próximo ano uma operação Tapa Buraco voltada para cerca de 28 mil buracos em toda a cidade, além de fazer a terraplanagem de 150 quilômetros de vias não asfaltadas. Um levantamento para manutenção estrutural das pontes deve ser realizado também no próximo ano. Além disso estão previstas a finalização de diversas obras, dentre elas as unidades básicas de saúde Moutonée e Jardim das Nações. Ainda existe um planejamento para pavimentação e drenagem de 33 novas ruas.

Investimento na rede de água

O SAAE deve fazer a setorização da região atendida pelo ETA Bela Vista, investindo cerca de R$ 5 milhões e também trocar três quilômetros de rede de ferro, reduzindo custos com manutenção e perdas estimados em R$ 500 mil. A instalação de totens em prédios públicos e nos bairros para a impressão de contas e consultas de débitos também faz parte do planejamento da autarquia. O desassoreamento dos ribeirões Pirai, Buru e Lagoa da Conceição deve ser iniciado em janeiro de 2022 pelo SAAE.

Posts Relacionado

Inscrições para mostra de presépios vivos estão abertas

Estão abertas as inscrições para a Mostra de Presépios Vivos, promovidas pela Secretaria de Cultura. Os interessados têm até o dia 6 de dezembro para se inscreverem. Basta ir até a sede da Secretaria da Cultura, situada à Praça Antônio Vieira Tavares, 20, no Centro,