Prefeitura admite que não tem água para abastecer a população

Durante participação na live semanal realizada juntamente com o prefeito Laerte Sonsin, o vice-prefeito Edemilson dos Santos foi categórico ao afirmar que o município não consegue fornecer água a toda a população.

Edemilson falou sobre o aumento populacional nos últimos seis anos e um novo aumento que deverá ocorrer nos próximos anos, com a inauguração de novos loteamentos e a construção de outros já aprovados, mas que o tratamento de água mantém-se o mesmo. “De 2014 até o presente momento foram feitas 19 mil ligações de água no município. As ETAs conseguiam tratar e distribuir em torno de 420 litros por segundo. É a mesma quantidade de água para ser tratada (atualmente). Ou seja, cresceu o número de ligações mas a estrutura é a mesma”, disse. “Na gestão passada foram aprovados diversos loteamentos, mais os pré-aprovados e outros que estão em tramitação, o que ultrapassam 13 mil novas ligações. Ou seja não temos agua para abastecer a população no momento. E ainda temos aprovados projetos de mais 13 mil ligações”, completou.

Desconto na conta d’água

Na ocasião o prefeito Laerte Sonsin aproveitou para esclarecer um pedido feito pelo vereador José Benedito de Carvalho “Macaia” que pediu desconto na tarifa de água para os moradores atingidos pela falta d’água no final de janeiro. “Não existe desconto na conta de água. É proibido por lei. Se não tem água não é pra ter conta. Pelo menos nos dias sem água. Se ficou um ou dois dias sem água, a conta reduz proporcionalmente. A própria falta de água implica em uma não cobrança”.

Posts Relacionado

Câmara aprova mudança de horário e sessões terão início às 14h

A Câmara de Vereadores aprovou na noite da última terça-feira (2) a mudança no horário das sessões legislativas. A proposta prevista no Projeto de Resolução 01/21 estipula que as reuniões ordinárias passam a ter início às 14h a partir da próxima semana. A principal justificativa

Salto se aproxima de 5 mil vacinados contra a Covid-19

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Salto, a cidade já aplicou 4.918 vacinas contra o coronavírus. Dessas, 3.134 foram aplicadas em profissionais da Saúde, dos quais 1.006 já receberam inclusive a segunda dose. Por outro lado, a cidade registrou um