Prefeito demonstra preocupação com terceira onda da Covid

Há uma preocupação por parte da Administração Municipal para uma terceira onda de Covid-19 que pode atingir o município nas próximas semanas. A afirmação foi do prefeito Laerte Sonsin em sua live no Facebook, na noite da última quarta-feira (26).

O chefe do Executivo saltense citou uma aglomeração de pessoas na noite do último domingo (23), na Praça XV de Novembro, e falou de municípios do interior paulista que determinaram lockdown após um aumento nos casos. “Infelizmente algumas pessoas ainda não entenderam que vivemos um momento de crise e continuam provocando a aglomeração, como a de torcedores na Praça XV. Nós sabíamos desse risco e tivemos a preocupação na Rua Nove de Julho, mas infelizmente o volume de torcedores que compareceram na Praça XV foi impossível de controlar. E essa pequena parcela da população não fez seu papel. Estamos vendo muitos municípios do Estado de São Paulo decretando lockdown, inclusive fechamento de farmácia. E nós estamos preocupados porque a ocupação dos leitos de UTI em todo estado está no limite e temos o medo enorme de enfrentar uma terceira onda, talvez não tão forte quanto a de março, mas que tenhamos sobrecarga novamente na unidade de saúde”, argumentou.

Laerte, juntamente com o vice, Edemilson dos Santos, prometeram intensificar a fiscalização e cobraram da população para que não aconteça uma nova paralisação das atividades. “Chega de balada. Se obedecerem as regras, de até 40%, conseguiremos trabalhar de maneira não tranquila, mas vamos continuar trabalhando. Depois não adianta reclamar que tomou multa porque está cometendo irresponsabilidade. O comercio não pode ser fechado por irresponsabilidade de uma meia dúzia que só provoca aglomeração”, disse Edemílson.

Posts Relacionado

Juntos somos mais fortes!

Caríssimos leitores. Espero encontra-los bem, com a graça de Deus. Deixo um abraço muito especial ao menino Valdir do Scalet. Meu grande amigo de longas datas. Sempre digo e acredito que, a convivência com a nossa família, amigos e comunidade são muito importantes, para a

Fábricas e seus operários

A cidade de Salto é marcada por uma pluralidade em seu desenvolvimento cultural ao longo dos anos. Uma cidade conhecida pelas suas festas sendo, inclusive, uma referência regional nas manifestações artísticas.  Salto é uma cidade de trabalhadores, operários que vieram de diversas partes do Brasil