Polícia investiga crime passional em casal encontrado morto dentro de motel

A Polícia Civil de Indaiatuba trabalha com a possibilidade de que tenha ocorrido um crime passional, no casal encontrado morto na madrugada desta segunda-feira (17) em um motel na divisa entre as cidades de Salto e Indaiatuba.

As vítimas, um homem de 42 anos, residente em Itu e uma mulher de 38 anos, moradora de Indaiatuba, foram esfaqueadas.

O caso teve início após funcionários do motel se dirigirem até a suíte, uma vez que o casal, que já estava há mais de 20 horas dentro do estabelecimento, não respondiam aos chamados. Ao entrarem no quarto, os funcionários encontraram os dois corpos na cama, ambos ensanguentados. Havia manchas de sangue no espelho também.

A Polícia Civil, perícia técnica e o IML de Campinas foram acionados e estiveram no local. Após a retirada dos corpos, durante limpeza no quarto foi localizada uma faca de cozinha, que pode ter sido utilizada no crime. O utensílio foi apreendido e encaminhado para perícia. Não há sinais de arrombamento da porta no quarto.

Conforme informações obtidas pelo PRIMEIRAFEIRA, o homem tinha marcas de facadas na região do pescoço, tórax e uma lesão próximo ao órgão genital. Já a mulher apresentava marcas de facadas nas costas.

De acordo com a polícia, não há suspeitos e o carro usado pelo casal estava destrancado no estacionamento.

A ocorrência foi apresentada na cidade de Indaiatuba e, de acordo com o delegado que conduz a investigação, o caso está sendo tratado como crime passional (ato violento devido a um impulso forte de raiva ou outra emoção, de forma não premeditada), embora não seja descartada outras hipóteses.

Posts Relacionado

Tijolos / Coleção / Fontes Históricas – Parte II

Continuação… Inicio com um dos preferidos da coleção, o F.F.B. Trata-se de um tijolo que almejava há algum tempo e via muitos dele no Museu de Salto. A sigla é a abreviação de Francisco Fernando de Barros, mais conhecido como Barros Jr. Ele veio parar

Marcando um encontro consigo mesmo

Você que começou a ler esse texto, peço licença para falar com seu lado mais íntimo, onde ninguém consegue entrar a não ser que você permita. Obrigada. Ter alguém tão perto de nossos pensamentos, principalmente daqueles mais sombrios ou tão perto dos nossos sentimentos, que normalmente