Para Prefeitura, aumento dos casos de Covid-19 não tem relação com a reabertura do comércio

Desde o dia 1º de junho, quando teve início a “retomada consciente”, com a reabertura do comércio, os casos do novo coronavírus (Covid-19) em Salto aumentaram em quase 100%.

No dia 1º de junho, a cidade tinha 53 positivos da doença. Nesta quintafeira (18), os casos saltaram para 103. Apesar dessa alta, a Prefeitura entende que os casos não têm nenhuma relação com o funcionamento dos estabelecimentos comerciais. “Acreditamos que o aumento de casos, nesse primeiro momento, não esteja relacionado a flexibilização, mas sim com o aumento da testagem”, justifica o Poder Executivo.

A Prefeitura também entende que, nesse momento, a situação do Covid-19 está controlada na cidade. “Neste momento a situação está controlada em relação aos leitos, já que foram criados leitos exclusivos para Covid-19 no Hospital Municipal, e estes têm atendido a demanda da população saltense”, enfatiza.

Além disso, o Poder Executivo cita que é muito importante que a população mantenha todos os cuidados. “A Prefeitura defende e incentiva o isolamento social, para todos os casos em que é possível, e principalmente para os grupos de risco. As pessoas que precisam sair de casa devem ter a consciência quanto ao uso de máscaras, higiene das mãos, e mesmo os que precisam trabalhar, devem manter o distanciamento sempre que possível”, conclui.

Avatar

Caio Vinícius Dellagiustina

Jornalista

2 thoughts on “Para Prefeitura, aumento dos casos de Covid-19 não tem relação com a reabertura do comércio

  • Avatar
    2 de julho de 2020 em 08:58
    Permalink

    Um prefeito incompetente que, para não comprar brigas com empresários e tirar o seu da reta, culpabilizará, em última instância, a população pela proliferação do vírus. É um fracassado digno de pena e punição!!!!!

    Resposta
  • Avatar
    11 de julho de 2020 em 22:23
    Permalink

    Verdade? Caramba somente um gênio para descobrir esse fato!
    Política morde assopra…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *