Número de habilitados entre 18 a 30 anos encolhe mais de 12% em Salto

A quantidade de pessoas habilitadas a dirigir em Salto, na faixa de 18 a 30 anos, diminuiu 12,4% nos últimos cinco anos. Conforme dados do Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), havia 16.508 moradores nessa faixa etária com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em junho de 2017, número que caiu para 14.457 no mesmo mês deste ano.

A queda tem acontecido ano a ano, consecutivamente, desde 2017. A cidade tinha 16.508 pessoas de 18 a 30 anos habilitadas em 2017, 16.301 em 2018, 15.893 em 2019 e 15.334 em 2020 – os recortes são do mês de junho. Nesse período, a maior redução anual ocorreu de 2020 para 2021, período tomado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Justificativas

O diretor-presidente do Detran.SP, Neto Mascellani, elenca o transporte por aplicativo como um dos fatores que motivaram essas constantes reduções. “Fatores culturais e econômicos influenciam o perfil dos motoristas com o passar dos anos. Hoje, temos uma geração que se preocupa com a questão ambiental e a facilidade oferecida pelos aplicativos de transporte. Os jovens, hoje, têm outras expectativas. Essa discussão sobre mudanças dos modais é mundial”, diz.

Para a diretora-executiva da Fenactran (Federação Nacional das Cooperativas de Trabalho dos Médicos e Psicólogos Peritos de Trânsito), Márcia Menezes, o preço dos carros e os custos para manutenção também têm influência no aumento do desinteresse pela CNH. “Mudou também a representação social sobre veículos, vistos como essenciais pelos mais velhos, acostumados a enxergar no carro um símbolo de independência, conquistas e poder”, declara.

Posts Relacionado