Nome de Cícero Landim ganha força para ser o novo presidente da Câmara

Faltando 20 dias para a sessão de posse do novo prefeito, vice e vereadores, eleitos em 15 de novembro, nos bastidores já acontecem várias reuniões sobre quem será o novo presidente da Câmara dos Vereadores de Salto, no biênio 2021-2022. A eleição acontece no primeiro dia do ano, logo após a solenidade de posse.

A reportagem do PRIMEIRAFEIRA conversou com alguns dos eleitos para saber como se encontram as negociações. Dos 11 vereadores eleitos, dois fizeram questão de registrar nas redes sociais que não têm nenhuma pretensão em ser presidente.

O primeiro a anunciar que não seria candidato foi Henrique Balseiros (PL), que fez uma publicação nas redes sociais em 27 de novembro. Três dias depois foi a vez de Daniel Bertani (Podemos) se manifestar. “Deixo claro que não concorrerei ao cargo de presidente da Câmara. Votarei no que eu achar mais competente, independente de partido. Se não achar nenhum que mereça meu voto, vou me abster”, postou o vereador eleito em sua rede social. Daniel Bertani aproveitou para enfatizar que trabalhará por uma Câmara independente. “Torço muito para que Salto, pela primeira vez na história, tenha uma Câmara realmente independente e não apenas um puxadinho da Prefeitura”, afirmou Bertani.

Tanto Balseiro como Bertani foram eleitos pela coligação de Laerte Sonsin.

Candidato mais votado na eleição deste ano, Fábio Jorge (PSD), que pertence ao grupo do atual prefeito Geraldo Garcia, não descarta disputar a presidência da Câmara. “Já conversei com alguns vereadores. Não posso falar que sim nem que não. Estou vendo o cenário. Defendo a independência da Câmara, porque não uma mesa jovem e nova?”, indaga.

Também da base do atual prefeito, o vereador reeleito Vinicius Saudino (PSD) não se posiciona como um possível candidato. “Ainda estamos pensando com o grupo, até porque a presidência é uma composição da mesa diretoria”, se limitou a dizer o vereador. Nos bastidores, a informação é de que o preferido do grupo de Geraldo Garcia para ser o novo presidente é o também vereador reeleito Kiel Damasceno (PP). O grupo ainda tem o vereador Macaia (Solidariedade) e Edival Preto (DEM).

Cícero Landim larga na frente

Por outro lado, o PRIMEIRAFEIRA apurou que no grupo do prefeito eleito Laerte Sonsin, quem larga na frente para ser o novo presidente do Legislativo saltense é Cícero Landim. O vereador reeleito Márcio Conrado (Podemos) é um dos que vê com bons olhos a indicação. “Os nomes estão se formatando, mas acredito que o Cícero seria um bom nome”, disse. Porém, Conrado se coloca à disposição do grupo. “Eu estarei a disposição se a maioria dos vereadores assim quiserem, mas até o momento não fui procurado nem pelos vereadores do grupo do Geraldo e nem pelo vereador do PT. Dentro do meu grupo acredito que eu teria apoio assim como o Cícero também”, declarou.

Já Cícero Landim (PL) deixa claro que pretende disputar a presidência da Câmara. “Ainda não definimos, mas tenho pretensões sim. Sinto-me preparado”, afirmou. O grupo ainda é composto por Sandro Palhaço (Patriota).

Único vereador eleito que não pertence ao grupo de Geraldo Garcia ou Laerte Sonsin, e que pode ser decisivo na escolha do novo presidente, Antônio Cordeiro (PT) ressaltou que sua preocupação é atender os interesses da população. “Nesse momento não está nos meus planos ser presidente da Câmara. Sou do PT, do qual fui eleito por três mandatos consecutivos, e vou sempre priorizar a população. O que for do interesse do povo terá meu apoio”, relatou.

Posts Relacionado

Amor em dose dupla

Eu tenho em minha mente a memória do dia dezenove de janeiro de 2020 como se fosse ontem. Na verdade a história começa no dia dezoito, por volta das onze horas da noite, quando começou a estourar a bolsa do Matias, os gêmeos estavam prestes

2021 chegou e agora?

Ano novo chegou e que tal pensarmos em transformações em nossas vidas? Que as transformações ocorram de dentro para fora. Ano novo e é tempo também de pensar, de refletir sobre o ano que passou, as conquistas, o que foi bom, os objetivos alcançados, os