“Não há a necessidade de novos leitos de UTI”, garante prefeito Laerte Sonsin

O chefe do Executivo saltense repetiu o que já havia dito o secretário de Saúde, Fábio Roberto Sartório, na última sexta-feira (12), durante reunião na Câmara de Vereadores e garantiu que a cidade de Salto não precisa aumentar o número de leitos de UTI no Hospital Municipal.

“Num primeiro momento não há a necessidade de novos leitos de UTI. Temos seis leitos de UTI mais 11 leitos de suporte respiratório, que é como se fosse uma UTI para que atendamos a necessidade de respiração por deficiência pulmonar. Esses 11 leitos podem ser acionados em caso de necessidade”, explicou, durante uma live em sua rede social, na noite da última quarta-feira (17).

Sonsin afirmou ainda que o Poder Público Municipal tem um plano de contingência para atender a demanda em caso de aumento nos casos, mas disse acreditar que não será necessário sua aplicação. “Se acontecesse o que está acontecendo em Araraquara (em que está decretado o lockdown devido à uma variante da Covid-19 encontrada em pacientes da cidade), temos condições de abrir novos leitos. Salto tem sim um plano de contingência. Temos a confiança de que isso não vai acontecer em nossa cidade, porque estamos cumprindo o plano são Paulo. Algumas pessoas não conseguem entender, mas é justamente por isso, pra que não cheguemos a uma situação como Araraquara”, concluiu.

Assunto repercutiu na Câmara

O aumento dos leitos de UTI também foi discutido na Câmara de Vereadores, com alguns dos edis criticaram o posicionamento do secretário Fábio Roberto Sartório. Fábio Jorge atacou a administração falando que não conseguem nem aumentar o número de ônibus rodando, quanto mais os leitos de UTI e disse que prefere ter os leitos vazios que ocupados. “É melhor ter todos (os leitos de UTI) vazios que todos lotados”.

O líder do Governo na Câmara também questionou a atuação da Secretaria da Saúde, sobre a falta de estratégia no combate à pandemia. A questão da pandemia tem de ser tratada com pé no chão. A realidade não está mostrado um futuro de melhoria tão próximo”, falou.

Posts Relacionado

Salto se aproxima de 5 mil vacinados contra a Covid-19

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Salto, a cidade já aplicou 4.918 vacinas contra o coronavírus. Dessas, 3.134 foram aplicadas em profissionais da Saúde, dos quais 1.006 já receberam inclusive a segunda dose. Por outro lado, a cidade registrou um