Menos votada, candidata dividiu campanha com tratamento de câncer

Entre os mais de 200 candidatos que tentaram uma vaga no Legislativo Saltense, a candidata a vereadora Vera Lucia (PTB) chamou a atenção ao término da contagem das urnas por ter recebido apenas um voto.

A reportagem do PRIMEIRAFEIRA conversou nesta semana com a candidata que justificou o baixo número de votos por não ter conseguido fazer a divulgação de sua campanha. E isso tem um motivo. Logo no início da corrida eleitoral, ela afirmou ter descoberto um câncer, fazendo com que precisasse ter deixado a campanha de lado para iniciar o tratamento. “Descobri um câncer no início do período eleitoral e, por já ter casos na família de morte pela doença, priorizei o tratamento. As poucas divulgações que consegui fazer foram nas redes sociais”, contou. Vera disse ainda que não desistiu da candidatura pois, quando descobriu a doença, seu material de campanha já estava pronto e a candidatura oficializada.

Perguntada se nem mesmo os familiares apoiaram sua candidatura, Vera destacou o fato de eles não “votarem por votar”. Eles sabiam que não consegui me empenhar na campanha e, minha família leva muito a sério a eleição. Eles não iriam votar por votar. Mais do que o cargo, eles priorizam o bem da cidade”, afirmou.

A candidata falou também que assumiu o desafio de tentar entrar na política para lutar pela proteção da mulher, uma vez que já enfrentou uma trágica situação de feminicídio na família. Porém, ela falou que ainda não sabe se tentará concorrer ao pleito na eleição de 2024. “Ainda não sei se tentarei uma nova campanha”, finalizou.

Avatar

Caio Vinícius Dellagiustina

Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *