Mais de um ano após o previsto, o novo prédio do IFSP é inaugurado

Na manhã do último sábado (18), o Instituto Federal de São Paulo inaugurou em Salto o novo campus, localizado no bairro Central Park. A obra foi “entregue” com um ano e meio de atraso. Inicialmente, a expectativa era de que a construção ficasse pronta em julho de 2020. Ainda não se sabe qual será a destinação do prédio antigo localizado em frente ao Terminal Rodoviário.

Mas ao contrário do que se pode imaginar, o evento ocorreu com a obra inacabada, pois há muitos locais em construção, conforme registros feitos pelo Blog do Nelson Lisboa e Jornal Taperá, integrantes do Consórcio de Imprensa de Salto, do qual o PRIMEIRAFEIRA também faz parte.

O próprio reitor da entidade, Silmario Batista dos Santos, falou durante o discurso inaugural que a entrega contempla “parte de um sonho”, indicando que ainda há obras a serem realizadas. Procurada pela reportagem do PRIMEIRAFEIRA, a direção do IFSP-Salto informou que os detalhes finais de acabamento aguardam finalização. “Essa fase foi prejudicada devido à falta d’água, mas com o término da instalação da caixa d’água no câmpus, caminhamos para a conclusão absoluta das obras”. Infelizmente, mesmo sem ter recebido um convite formal, como é natural que ocorra em eventos de obras públicas, com a presença de um Ministro de Estado, a imprensa foi barrada. Ocorre que, por dever de ofício, a obrigação de um jornalista é acompanhar esses momentos. Ainda mais no caso de obra de uma instituição de ensino. Em um primeiro momento, sem muitas explicações, a reportagem do PRIMEIRAFEIRA foi impedida de ter acesso ao local. Durante essa semana, o PRIMEIRAFEIRA questionou a direção da entidade que, através do diretor de Comunicação, Fábio Luís Cabral, respondeu em nota que “o IFSP informa que o protocolo da inauguração é definido pelo MEC. Para maiores informações sobre o assunto, por favor, entrem em contato com a ASCOM MEC”. Procuramos o Ministério da Educação que contrapôs a informação do IFSP, afirmando que “nas visitas do ministro são liberadas o acesso a imprensa para cobertura” e que não houve qualquer tipo de restrição ao trabalho da imprensa pelo MEC. Em resumo, ninguém quis assumir a responsabilidade de impedir o acesso dos jornalistas a uma inauguração de obra pública.

Posts Relacionado

Eventos são adiados em virtude da pandemia

É uma questão de prevenção, dessa forma a medida adotada pela Prefeitura informou o cancelamento do 1º Encontro de Clássicos de Salto, evento que seria realizado no domingo no Pavilhão das Artes e confirmou, também, o adiamento do Salto Beer’s Fest, para os dias 4,

Governo reduz para 7 dias isolamento de pacientes com Covid-19

O Ministério da Saúde decidiu reduzir de dez para sete dias o período recomendado de isolamento para pacientes com Covid-19. Segundo informação publicada pela Agência Brasil, a atualização do guia de vigilância epidemiológica para a Covid-19 do Ministério da Saúde, caso não haja mais sintomas

Vacinação de crianças contra a Covid terá início terça-feira

A Secretaria da Saúde de Salto iniciará a vacinação das crianças contra a Covid-19 nesta terça-feira (18). Inicialmente será contemplado o público de 05 a 11 anos com comorbidades, conforme listagem abaixo. Serão 530 doses disponíveis inicialmente. A divulgação das próximas datas de vacinação será

Vice-prefeito assumirá interinamente mais uma secretaria

Edemilson dos Santos terá trabalho extra nos próximos dias. Isso por que, além da função pelo qual foi eleito, ele já responde, interinamente, pela Secretaria de Governo, desde que o então secretário Francisco José Procópio deixou o cargo, em dezembro do ano passado e, a