Lidesa anuncia o cancelamento oficial da temporada 2020 do futebol amador saltense

O ano de 2020 para o futebol amador saltense acabou. A confirmação oficial foi feita no início desta semana pelo presidente da Lidesa (Liga Desportiva Saltense), Paulo Cesar Sombini, após uma reunião com o secretário de Esportes, Eliano Apolinário. Vários motivos foram alegados pela entidade. “Não só o Covid-19, mas também as equipes não iriam mais disputar, além da falta de dinheiro. E para não prejudicar ninguém, optamos por cancelar a temporada”, disse Paulo.

O presidente da Lidesa explicou que o prazo máximo que a entidade tinha para manter o calendário deste ano expirou no último dia 6 de junho. “Para que o nosso calendário pudesse ser mantido, teríamos que ter voltado no último dia 6. Como isso não foi possível, tivemos que encerrar a temporada. Mas antes de tomar a decisão final, conversamos com os times e explicamos a situação. Posso dizer que foi um consenso entre a Lidesa e equipes”, justificou.

Neste ano apenas duas rodadas tinham sido realizadas da Série C e a Lidesa ainda não decidiu como a competição será disputada em 2021. “A Série C, como já foram disputadas duas rodadas, ainda não definimos se começará do zero ou será retomada do ponto em que parou”, afirmou Paulo.

Outro ponto destacado pelo dirigente é sobre a inscrição de jogadores. “A princípio, os da Série C, que já foram inscritos, serão mantidos e a Lidesa pretende estender para a próxima temporada os jovens que completam 20 anos em 2020, para que possam atuar nas três divisões em 2021”.

Os clubes que já pagaram a taxa de inscrição referente a 2020 não precisarão pagar mais nada no próximo ano. A ideia da Lidesa é manter o formato de disputa deste ano para 2021, com as Séries A e B sendo disputada por 16 times e 10 na Série C. A novidade será o calendário. “Devemos adiantar o início da próxima temporada para logo depois do Carnaval, começando no dia 20 de fevereiro, deixando uma folga entre um campeonato e outro para termos uma gordura para queimar caso seja necessário”.

Paulo Sombini também detalhou a situação financeira da Lidesa, que terá eleições neste ano. “Devolvemos o prédio da Lidesa,  pois estávamos pagando por algo que não estava sendo usado. E vamos fazer as eleições conforme o regimento da Lidesa, obedecendo os trâmites necessários. Nossa intenção é dar continuidade ao trabalho, pois queremos implantar a categoria de base e colocar o campeão da Série A no Amador do Estado”, concluiu.

Posts Relacionado

Já dá para falar de casamento?

Ah já. Da para falar do que você quiser. Falar é o que mais se pode fazer neste momento. Dá para casar? Dá também, desde que para você casamento seja um contrato assinado em cartório entre duas pessoas com mais duas de testemunha e um

A vida continua…

Estamos há mais de um ano vivendo em uma nova realidade, a de conviver com um inimigo invisível, devastador e que, certamente está ao nosso lado. Foram muitas perdas, muitas famílias desestruturadas e cheias de dor. Foram necessárias inúmeras mudanças de hábitos, da nossa rotina,