Laerte Sonsin diz que Salto está preparada para a vacinação contra a Covid-19

Prevista para começar no próximo dia 25 de janeiro, a vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) em Salto deve contemplar mais de 16 mil pessoas na primeira fase da vacinação. O número pode ser ainda maior, uma vez que a Prefeitura não informou o número de profissionais da saúde no município.

Conforme o cronograma definido pelo Governo do Estado de São Paulo, idosos e profissionais da saúde estão entre os primeiros a serem vacinados. Os profissionais são os primeiros a receberem a dose, a partir do dia 25. Já as pessoas com 75 anos ou mais começarão a ser vacinadas a partir do dia 8 de fevereiro.

Dados da Fundação Seade, de julho de 2020, apontam para 3.840 pessoas que fazem parte do grupo que envolve os profissionais de saúde.

Na sequência, 2.929 idosos entre 70 e 74 anos devem receber a primeira dose da vacina a partir do dia 15 de fevereiro. Na semana seguinte, a partir do dia 22, são as pessoas entre 65 e 69 anos que serão vacinadas. Fazem parte desse grupo, 4.285 pessoas. Por fim, a partir de 1º de março, 5.831 pessoas entre 60 e 64 anos, receberão a primeira dose da vacina.

A estimativa do governo estadual é que até o final de março esses grupos já tenham recebido a segunda dose da vacina.

Prefeito diz que Salto está preparada para a vacinação

Em uma live em sua rede social, o prefeito Laerte Sonsin disse, na última quarta-feira (13), que a cidade de Salto está preparada para iniciar a vacinação contra a Covid-19, seja atendendo ao Plano do Governo Estadual ou ao Plano do Governo Federal (que ainda não foi definido). “Não é pra todo mundo ir no posto dia 25. Estamos montando uma central de agendamento da vacina. Ela será escalonada. Há uma escala por idade, conforme critérios da Secretaria Estadual de Saúde. Só que o Governo Federal divulgou um novo escalonamento, com outros critérios de idade, mas ainda não informou sobre datas. Nós, como Poder Executivo Municipal, vamos atender qualquer um que venha a ser definido. Nós estamos preparados para atender a vacinação”, destacou.

O chefe do Executivo citou a falta de profissionais da área da Saúde, muitos deles afastados justamente por conta da Covid-19, e explicou que não serão todas as unidades de Saúde que terão aplicação da vacina. “Nem todos os postos serão utilizados para a vacinação. Mas, estamos fazendo parcerias com a iniciativa privada para garantir essa vacinação”, disse, sem confirmar onde será aplicada.

A expectativa é que nos próximos dias, Salto divulgue como será feito o processo de vacinação no município.

Posts Relacionado

Selecionados para o Prouni tem até dia 24 para efetuarem matrícula

Os candidatos pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o primeiro semestre deste ano, têm até o dia 24 de fevereiro para comparecer às instituições de ensino para confirmar as informações declaradas na inscrição e fazer a matrícula. A lista com