Kiel acusa possível compra de votos e ataca Daneil Bertani: “Não vou arregar para o senhor”

A Câmara de Vereadores de Salto aprovou nesta semana a Moção de Repúdio contra o secretário de Negócios Jurídicos, Amilton Luiz de Arruda Sampaio, pela participação em um ato antidemocrático realizado no mês passado na cidade de Itu. A moção foi encabeçada pelo vereador Antonio Cordeiro e assinada por outros nove vereadores. O único que não assinou foi o líder do Governo, vereador Márcio Conrado.

Embora tenha sido assinada por 10 dos 11 vereadores, a votação teve cinco votos contrários (Ezequiel Damasceno, Edival Pereira Rosa “Preto”, Sandro “Palhaço” e Vinicius Saudino, além de Márcio Conrado).

Durante a discussão, houve muitas manifestações favoráveis à Moção. “Não tenho nada contra o Amilton, mas só por estar em um ato em que faixas diziam por intervenção militar, já é cabível a moção de repúdio. Estamos aqui porque respeitamos uma democracia. Numa intervenção não tem voto direto”, explicou o autor, Antonio Cordeiro. “Ele poderia ter ido no ato, apesar de todas as restrições que estamos vivendo. Estamos em uma democracia e ele tem todo o direito de estar confortável com aquela atuação ou com grupo político xis ou ípsilon. Acho que todos os vereadores receberam pessoas de grupos políticos que tentaram nos coagir a mudar o voto. Não mudarei meu raciocínio por nenhuma pressão”, declarou Daniel Bertani.

Mas também houveram manifestações contrárias à propositura. “Se a própria moção não fala de crime, estamos falando de uma questão política. Assim como os vereadores deram seu posicionamento, essas pessoas que estavam lá também tinham o direito de dar seu posicionamento”, opinou Márcio Conrado.

Entre as declarações, chamou atenção o posicionamento do vereador Kiel que, além de tentar minimizar a participação do secretário no ato, fez acusações indiretas sobre possíveis irregularidades na Casa de Leis. “Muitos vereadores nessa Casa de Leis são lobos em pele de cordeiro. Há pouco tempo conversei com uma pessoa ligada a política muito lá atrás, bem antes de minha chegada na política, que me deu uma informação que o segredo do voto vem da ponta da agulha. Você comprar o voto é antidemocrático. É disso que estou falando. Este vereador não compra voto. Antigamente a compra de voto estava na ponta da agulha. Hoje está o quê? No bisturi?”, declarou.

Daniel Bertani responde

O entrevero se estendeu até os minutos finais da sessão, quando o vereador Daniel Bertani tomou as dores das acusações de Kiel e respondeu ao vereador. “Vereador Kiel citou meu nome nas entrelinhas e uma citação de que meu avô teria falado aquilo e a imprensa local realmente citou que o voto estava na ponta da agulha. Bom se fosse pra votar um repudio por isso eu votaria, sendo meu vô ou não, assim como você o fez quando foi o Flávio Garcia, pessoalmente ou não, votou a favor. Hoje, foi diferente. A questão do bisturi, obviamente estava falando de mim, pois sou o único que trabalha com um. Bom, não comprei voto, não usei dinheiro público nenhum para me eleger. Não uso meu hospital para ganhar votos”, justificou.

Kiel, porém, voltou a se manifestar e disse que não deve satisfações ao companheiro de plenário. “Vereador Bertani, se a carapuça serviu, que use ela. E o que eu falo algo dentro dessa Casa de Leis, é porque tenho embasamento. Mas não preciso dar satisfação nenhuma para o senhor. E na próxima semana continuamos. Não vou arregar para o senhor”, encerrou.

Posts Relacionado

Ettore Liberalesso e os Lugares da Memória – Parte IV

Na quarta e última parte do livro “Lugares da Memória”, também este sendo a última parte do texto sobre o material, organizamos com o tema “Histórias de pessoas públicas com as quais convivi e aprendi”. A parte mencionada vem antes do epílogo, um belo poema

Você conhece o Maio Roxo?

O Maio Roxo é o mês dedicado ao diagnóstico precoce e qualidade de vida das doenças inflamatórias intestinais (DII). Apesar de existirem vários tipos os mais comuns da doença são: Doença de Crohn e Reticolite Ulcerativa. No Brasil, o número de casos dessas doenças tem