Governo vai ampliar o funcionamento das atividades econômicas até as 22h a partir de 1º de junho

O governador João Doria (PSDB) anunciou quarta-feira (19) a manutenção, até o dia 31 de maio, da fase de transição do Plano São Paulo de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Depois, a partir de 1º de junho, o governo vai ampliar o funcionamento das atividades econômicas até as 22 horas, e o limite de atendimento aumentará para 60% da capacidade máxima.

O toque de recolher continuará em vigor, mas passará a ser das 22 às 5 horas. Atualmente, até o próximo domingo (23), os estabelecimentos podem operar das 6 às 21 horas e com, no máximo, 30% da capacidade máxima. Entre os dias 24 e 31, o limite de atendimento será 40%

Mesmo após essas mudanças, os setores com funcionamento permitido seguirão os mesmos, o que inclui comércio, academias, atividades religiosas e culturais, serviços gerais, restaurantes e similares, salão de beleza e barbearia.

Nova etapa de vacinação

O governo estadual marcou para o período de 1º a 20 de julho a vacinação contra o Covid-19 de pessoas com 55 a 59 anos. Na sequência, dos dias 21 a 31, serão imunizados profissionais da educação de 18 a 46 anos.

As informações foram divulgadas pelo governador João Doria durante coletiva de imprensa realizada quarta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes. O cronograma leva em consideração a projeção de entregas de doses do Ministério da Saúde.

“Aguardamos as doses do Ministério da Saúde para que a gente tenha celeridade e não uma diminuição de ritmo de vacinação neste momento”, disse a coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

O próximo grupo a ser vacinado é o de pessoas com deficiência permanente e comorbidades de 45 a 49 anos, a partir desta sexta. A imunização daqueles com 40 a 44 anos começa no próximo dia 28.

São Paulo terá eventos teste para estudar novas flexibilizações

Além disso, Doria anunciou a realização de eventos teste em ambientes controlados a partir de junho. Segundo a secretária estadual do Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, a “força-tarefa” terá testagem rápida por antígeno (com resultado em cerca de 15 minutos), controle de público e acompanhamento dos participantes nas semanas seguintes.

“Para entender com cautela e responsabilidade o que pode avançar nas próximas etapas”, explica. O modelo ainda está em desenvolvimento e será anunciado nas próximas semanas, com a realização prevista para ocorrer em parceria com a iniciativa privada.

Posts Relacionado

Inscrições para mostra de presépios vivos estão abertas

Estão abertas as inscrições para a Mostra de Presépios Vivos, promovidas pela Secretaria de Cultura. Os interessados têm até o dia 6 de dezembro para se inscreverem. Basta ir até a sede da Secretaria da Cultura, situada à Praça Antônio Vieira Tavares, 20, no Centro,