Governo de São Paulo define calendário para o ano letivo de 2022 na rede estadual

O Governador João Doria detalhou, na última quarta-feira (3), o calendário definido pela Secretaria de Educação para o ano letivo de 2022 em toda a rede estadual de ensino. As aulas ocorrerão entre 2 de fevereiro e 23 de dezembro em todas as escolas mantidas pelo Governo Estadual.

“Teremos um calendário completo, pleno, com crianças e adolescentes do estado de SP voltando a estudar, a se alimentar e a estarem protegidos e amparados pela rede pública de ensino. E isso se deve ao avanço da vacinação”, destacou Doria.

O calendário do ano letivo de 2022 prevê recessos ao final do primeiro e terceiro bimestres. As férias serão mantidas nos meses de julho e janeiro. Também estão previstos dois períodos para recuperação nas férias entre 4 e 21 de janeiro e 11 e 22 de julho.

As Semanas de Estudos Intensivos continuam em momentos-chave de cada bimestre para reforçar, recuperar e aprofundar as aprendizagens essenciais para o percurso educacional dos estudantes. O calendário prevê ainda as datas para os conselhos de classe bimestrais e reuniões de planejamento/replanejamento e formação.

“O foco total será recuperar a aprendizagem perdida pelos nossos estudantes na pandemia. No primeiro dia útil de janeiro de 2022 já teremos aulas de recuperação, como também ocorreu em janeiro deste ano. Não podemos deixar nenhum aluno para trás”, ressaltou o secretário da Educação de São Paulo, Rossieli Soares.

SP solicita urgência na aprovação da vacinação para crianças entre 5 e 11 anos de idade

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (3) que a Secretaria de Estado da Saúde irá oficiar a Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) solicitando urgência para a autorização do início da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de idade. A imunização desta faixa etária já começou em outros países do mundo, incluindo a Argentina, o Chile e a Colômbia, na América Latina.

Na reunião foi discutida a inclusão deste novo público na campanha de imunização, como explicou Regiane: “São Paulo e seus 645 municípios de São Paulo têm condições técnicas para iniciar a vacinação assim que a Anvisa liberar a aplicação no país. A imunização das crianças é um importante passo para o controle da pandemia e a proteção da população”.

Posts Relacionado

Inscrições para mostra de presépios vivos estão abertas

Estão abertas as inscrições para a Mostra de Presépios Vivos, promovidas pela Secretaria de Cultura. Os interessados têm até o dia 6 de dezembro para se inscreverem. Basta ir até a sede da Secretaria da Cultura, situada à Praça Antônio Vieira Tavares, 20, no Centro,