Gestão Geraldo Garcia aprovou seis loteamentos nos últimos 20 dias de governo

Na última semana, a Prefeitura de Salto baixou um decreto informando que estão vetados, pelo prazo de 180 dias, o processamento e aprovação de projetos de empreendimentos imobiliários na cidade para loteamentos com mais de 100 unidades. A decisão foi tomada, após um levantamento técnico feito pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, que constatou que pelo menos 23 novos empreendimentos haviam sido aprovados na gestão do ex-prefeito Geraldo Garcia.

Uma das preocupações da atual gestão é em relação aos problemas que esses novos empreendimentos podem trazer nos serviços públicos como tratamento e distribuição de água e esgoto e também no impacto gerado pelo deslocamento de pessoas e veículos.

Diante dessa situação, a reportagem do PRIMEIRAFEIRA decidiu apurar o número de loteamentos que foram aprovados pelo governo Geraldo Garcia.

Através de uma minuciosa pesquisa, a reportagem constatou que existem 12 loteamentos aprovados na Prefeitura. Desse total, exatamente a metade (12) foi liberado nos últimos 20 dias do mandato de Geraldo Garcia.

No dia 29 de dezembro, quando faltava apenas dois dias para o término da gestão, o ex-prefeito aprovou o Terras de São Gabriel, loteamento que contará com 885 lotes residenciais.

Ainda em dezembro, no dia 11, dois loteamentos foram aprovados: o Residencial Salto, com 547 residenciais e 111 mistos; e o Villa Victória, que terá 46 lotes residenciais e 523 comerciais/residenciais.

Três dias antes, no dia 8 de dezembro, havia sido liberado o Jardim Verno, que será composto por 242 lotes residenciais.

E no dia 4 de dezembro, a gestão Geraldo Garcia tinha aprovado outros dois loteamentos residenciais: o Jardim Macarandá, com 459 lotes; e o Jardim Jambeiro, que será composto por 377 lotes.

Mais loteamentos

Ainda no ano de 2020, o ex-prefeito Geraldo Garcia havia aprovado o Residencial São Valentim, com 257 lotes residenciais/comerciais. A aprovação foi feita no dia 5 de junho; e o Residencial Barnabé, que terá 828 lotes residenciais e foi aprovado em 6 de fevereiro.

Os outros loteamentos tinham sido aprovados no ano de 2019. São eles: Parque Alto da Boa Vista (429 lotes residenciais) aprovado em dezembro de 2019; Jardim dos Ipês (533 lotes residenciais e 47 comerciais), aprovados em novembro; Industrial Vanguarda (388 lotes industriais), também aprovado em novembro; e Jardim Novo São Pedro (165 lotes residenciais e 465 comerciais) aprovado em junho de 2019.

Posts Relacionado

Ettore Liberalesso e os Lugares da Memória – Parte IV

Na quarta e última parte do livro “Lugares da Memória”, também este sendo a última parte do texto sobre o material, organizamos com o tema “Histórias de pessoas públicas com as quais convivi e aprendi”. A parte mencionada vem antes do epílogo, um belo poema

Você conhece o Maio Roxo?

O Maio Roxo é o mês dedicado ao diagnóstico precoce e qualidade de vida das doenças inflamatórias intestinais (DII). Apesar de existirem vários tipos os mais comuns da doença são: Doença de Crohn e Reticolite Ulcerativa. No Brasil, o número de casos dessas doenças tem