Espaços turísticos só devem ter obras concluídas em setembro

Fechados desde fevereiro de 2020 após serem destruídos por uma enchente, o Memorial do Rio Tietê e o Complexo da Cachoeira só deverão ser reabertos em setembro de 2021, 19 meses após serem interditados. A previsão é da Prefeitura de Salto em resposta aos questionamentos feitos pelo PRIMEIRAFEIRA.

Além deles, a reforma da Ilha dos Amores também deverá ser concluída até setembro, todas feitas com recursos do Governo do Estado. Porém, essas não são as únicas obras em andamento. Além delas, pelo menos mais seis obras deverão ser entregues até o final do ano.

A interligação da avenida dos Peixes com a rua Estados Unidos, no Bairro São Pedro e São Paulo e a construção da Unidade Básica de Saúde – Clínica Salto Saúde Nações II devem ser entregues até julho. Ambas estão sendo feitas com recursos do próprio município.

Outra obra com recursos próprios, que deve ser finalizada até agosto, é a reforma da Cancha de Bocha da área de lazer na Vila Romão. Já a construção da cobertura metálica para quadra de esportes, no bairro Vila Romão/Maria José deve ser entregue até outubro. Essa obra está sendo feita com recursos do Governo Federal.

Já as obras de melhorias externas e internas do Parque Rocha Moutonnée, com recursos do DADE, têm previsão de conclusão para outubro. No momento essa obra encontra-se paralisada, uma vez que aguarda a chegada dos gradis e portão que será instalado. Uma ampla reforma em todo o parque, melhorando a acessibilidade também deverá ser realizada até o período informado.

Por fim, deverá acontecer a finalização das obras da Estação Ferroviária do Trem Republicano, inaugurada em dezembro de 2020. Essa foi a única obra que a Prefeitura de Salto não informou o prazo em que deve ser entregue.

Posts Relacionado