Escolas estaduais retomam aulas presenciais na cidade em esquema de revezamento

Com poucos alunos em sala de aula, respeitando o limite de 35% por conta da “Fase Laranja” do Plano São Paulo, todas as 16 escolas estaduais de Salto iniciaram nesta semana o ano letivo 2021, com o retorno das aulas presenciais. De acordo com a Diretoria Regional de Ensino de Itu, a cidade possui um total de 11.694 alunos. Esses estudantes foram divididos em turmas, e quando não podem assistir aula presencialmente o ensino é acompanhado de forma remota.

Para o início das aulas, os estabelecimentos de ensino precisaram se adaptar a nova realidade, com os prédios contendo dispenser de álcool gel na entrada, no pátio e nos corredores. Além disso, os estudantes, professores e funcionários precisam fazer o uso de máscara e distanciamento social.

“As escolas ainda dispõem de vários equipamentos de proteção individual, como máscaras de pano, que foram entregues à todos os alunos e servidores; face shields entregues aos servidores, papel toalha, sabonete líquido, copos descartáveis e outros EPIs que foram adquiridos pelas escolas”, detalha a Diretoria Regional de Ensino.

O ensino a todos os alunos da Rede Estadual é hibrido, sendo parte presencial aos alunos cujos pais autorizaram e outra parte à distância. “As famílias foram orientadas pelas equipes escolares, na semana de 1º a 5 de fevereiro, quanto ao início das aulas, não sendo obrigatório o presencial aos alunos nas Fases Vermelha e Laranja do Plano São Paulo”, acrescenta a Diretoria de Ensino, que finaliza: “Já os pais que optaram por não retornar o presencial, os alunos serão atendidos integralmente à distância por atividades ofertadas pelas Escolas e através das aulas online que serão pelo Centro de Mídias da Educação de São Paulo, sendo obrigatória a todos os alunos, seja os que optaram pelo retorno presencial ou não”.

Posts Relacionado

Salto se aproxima de 5 mil vacinados contra a Covid-19

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Salto, a cidade já aplicou 4.918 vacinas contra o coronavírus. Dessas, 3.134 foram aplicadas em profissionais da Saúde, dos quais 1.006 já receberam inclusive a segunda dose. Por outro lado, a cidade registrou um