Devolução dos créditos da Zona Azul deverá ocorrer apenas após processo administrativo

Os motoristas de Salto ainda terão de esperar algum tempo até reaverem os valores investidos no aplicativo de cobrança do estacionamento rotativo com a empresa DAC Transportes, cuja qual teve o contrato rescindido com a Prefeitura de Salto no início do mês.

Em resposta a um requerimento do vereador Márcio Conrado, a Prefeitura afirmou que o a empresa protocolou um recurso sobre a decisão da extinção do vínculo, o que deve retardar a rescisão e, consequentemente a devolução dos valores. Somente após o término do processo é que a empresa será obrigada a ressarcir os motoristas. “A empresa DAC Serviço de Estacionamento protocolou recurso em face da decisão de extinção do vínculo contratual, portanto tal ato está sob análise da administração. Posto isso, havendo o término do processo, se consolidada a rescisão, a empresa é a exclusiva responsável pela devolução do valor dos usuários, a qual deverá apresentar a forma em que será executada, o que será acompanhado pelo Poder Público Municipal”, explicou a Administração Municipal.

Posts Relacionado

Juntos somos mais fortes!

Caríssimos leitores. Espero encontra-los bem, com a graça de Deus. Deixo um abraço muito especial ao menino Valdir do Scalet. Meu grande amigo de longas datas. Sempre digo e acredito que, a convivência com a nossa família, amigos e comunidade são muito importantes, para a

Fábricas e seus operários

A cidade de Salto é marcada por uma pluralidade em seu desenvolvimento cultural ao longo dos anos. Uma cidade conhecida pelas suas festas sendo, inclusive, uma referência regional nas manifestações artísticas.  Salto é uma cidade de trabalhadores, operários que vieram de diversas partes do Brasil