Deputados da região ajudaram a eleger aliado de Doria como presidente da Assembleia Legislativa

O deputado Carlão Pignatari (PSDB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo. A eleição aconteceu na última segunda-feira (15) e foi marcada pela participação direta dos deputados da região. Dos quatro deputados que a região possui (dois de Indaiatuba e dois de Itu), apenas um não votou no tucano.

Os indaiatubanos Rogério Nogueira (DEM) e Bruno Ganem (Podemos) votaram pea eleição de Pignatar, assim como o ituano Rodrigo Moraes (DEM). Apenas Monica Seixas, da bancada ativista (PSOL), foi contra, votando em Carlos Giannazi (PSOL).

Carlão Pignatari obteve 65 dos 48 necessários para se eleger e mantém o PSDB no comando da Casa por mais dois anos. O partido ocupa a presidência da Alesp desde 2007.

A chapa vencedora terá a participação dos dois deputados de Indaiatuba. Rogério Nogueira (DEM) passa a ser o 2º secretário e Bruno Ganem (Podemos) ficou como 4º secretário.

Processos judiciais

Carlão Pignatari tem 61 anos e responde a processos por improbidade administrativa na Justiça referentes ao período em que era prefeito de Votuporanga. É acusado pelo Ministério Público de participar de fraudes em licitações junto a “Máfia do Asfalto”, e condenado a no “Escândalo dos Sanguessugas”, por supostamente direcionar licitações em benefício de grupo empresariais. Os casos ainda tramitam na Justiça.

Em 2017, a Justiça também condenou o parlamentar por improbidade, mas o caso terminou no ano passado com um acordo firmado entre ele e o Ministério Público.

Posts Relacionado

Cidadão pode fazer sugestões de investimentos ao Governo do Estado

Já está disponível no site www.audienciasdoorcamento.sp.gov.br o acesso ao cidadão para formular sugestões na Audiência Pública Eletrônica para elaboração da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) do próximo ano. A participação segue até domingo (11), apenas pelo meio eletrônico por causa da pandemia do Covid-19. A