Companhia de dança celebra 50 anos com espetáculo gratuito em Salto

Completando 50 anos de vida, o Ballet Stagium é um divisor de águas na história da dança do Brasil. Com apoio do ProAc Editais, celebra seu aniversário com o espetáculo “Florescência”.

Em concepção coreográfica de Décio Otero e direção teatral de Marika Gidali tem como matéria substancial o nosso tempo/espaço presente. A peça será apresentada a partir das 20h na Sala Palma de Ouro.

O mineiro Décio Otero e a húngara Marika Gidali dedicaram suas vidas a um balé que falasse “brasileiro”, que contasse a história de um país marcado por desigualdades sociais, crises políticas, econômicas, mas também por reinvenções, resistências e manifestações culturais. Fundado em 1971, o Ballet Stagium completa 50 anos de uma existência que confunde suas memórias com a de um certo Brasil. A escolha da poesia de João Apolinário, que divide a trilha marcada por Lukas Foss, Maria Bethânia, Chico Buarque, Beethoven, John Cage, entre outros, nasce a partir da ideia de um balé que homenageia os brasileiros mortos pela covid.

A ideia de Fluorescência vem de um conceito da física que identifica a propriedade dos corpos em emitir luz como reação à radiação, e a radiação funciona como uma metáfora forte desses tempos em que o fluxo de informação é intenso e as incertezas habitam um cotidiano em que um vírus tão rapidamente muda a história.

A apresentação tem entrada gratuita e a entrada será feita com ordem de chegada.

Posts Relacionado

Inscrições para mostra de presépios vivos estão abertas

Estão abertas as inscrições para a Mostra de Presépios Vivos, promovidas pela Secretaria de Cultura. Os interessados têm até o dia 6 de dezembro para se inscreverem. Basta ir até a sede da Secretaria da Cultura, situada à Praça Antônio Vieira Tavares, 20, no Centro,