Candidatos a prefeitos de Salto apresentam declaração de bens

Terminou no último sábado (26) o prazo para o registro das candidaturas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Agora, os candidatos aguardam para saber se os registros serão confirmados pela Justiça Eleitoral. Junto com o registro, todos os candidatos apresentaram suas declarações de bens.

Entre os quatro postulantes ao cargo de chefe do Executivo, o atual prefeito Geraldo Garcia é o que possui o maior patrimônio. O candidato à reeleição declarou uma lista de bens no valor superior a R$ 1,6 milhão (R$ 1.643.755,52). Na eleição municipal de 2016, Geraldo tinha um patrimônio de R$ 1.313.871,70, ou seja, houve um crescimento superior a 25% em quatro anos.

Em seguida aparece o candidato do PT, Sandro Garcia. O sindicalista declarou possuir um patrimônio de R$ 807.160,00. Como é a primeira vez que disputa uma eleição, o candidato nunca havia feito declaração de bens.

Já o candidato do PL, Laerte Sonsin, declarou ter um patrimônio de R$ 710.000,00. O valor quase que dobrou em relação ao patrimônio que o candidato tinha em 2016, quando disputou a Prefeitura de Salto pela primeira vez: R$ 380.544,34 – aumento de 86,5%.

Nesse meio termo, Laerte concorreu para deputado estadual em 2018 e, na ocasião, apresentou um patrimônio de R$ 624.119,45.

Por último aparece a candidata do Republicanos, Gislaine Silveira. A comerciante, que é esposa do atual vereador Roberto Natalino, disse à Justiça Eleitoral que não possui nenhum bem. Esta será a primeira vez que Gislaine estará disputando uma eleição, portanto é a primeira vez que apresenta sua declaração de bens.

Avatar

Caio Vinícius Dellagiustina

Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *