Barbearias voltam a ser sucesso e cativam clientes com ampla variedade de produtos

De bebidas a mesas de bilhar, geralmente dedicadas exclusivamente ao público masculino e com decoração retrô ou vintage, com TV ligada no futebol ou ao som de Rock… Esse ambiente cool, que mais parece um bar ou um pub na verdade é uma barbearia. Com o boom da moda barba nos últimos anos, cresceu também a procura por locais especializados que ofereçam algo além dos tratamentos estéticos.

É o caso da Barbearia Silvério, em Salto, que além de corte e barba também oferece um ambiente clássico com cerveja e mesa de bilhar para seus clientes. De acordo com Leandro Silvério, a ideia de oferecer momentos de descontração surgiu do convívio em outras barbearias e tem agradado todos os frequentadores do local. “Especialmente nos fins de semana, alguns vem um pouco mais cedo ou acabam estendendo seu período na barbearia para curtir”, disse. “Essas atrações ajudam, mas nosso foco sempre é oferecer um trabalho de qualidade”, completou.

Quem também apostou em um ambiente clássico, foi a barbearia Via 96. O proprietário Sidney José Jardim Júnior disse ter optado por detalhes rústicos em sua barbearia a fim de fazer disso um diferencial entre as outras. Com algumas opções de descontração à seus clientes, ele afirma que locais com essa característica remetem aos bons momentos vividos no passado.

Nem mesmo os problemas financeiros do Brasil parecem ter afetado o setor, já que certos cuidados de beleza como o corte de cabelo ou a manutenção da barba bem feita é quase que uma obrigatoriedade.

Com a experiência de 13 anos no mercado, Davi Espírito Santo, proprietário da Barbearia Modelo, afirma que hoje os homens não buscam apenas um corte de cabelo simples ou fazer a barba em casa, mas sim serviços de qualidade. “Os clientes tem muito cuidado, principalmente com a barba, e para cuidar de todos os detalhes, é preciso ter técnica”, destacou. Já consolidado profissionalmente, Davi tem planos ambiciosos e quer passar sua experiência para os mais novos em breve, já que um de seus planos é utilizar seu estabelecimento para oferecer aulas de formação e aperfeiçoamento no fazer a barba.

 

Confira nosso especial Barbearias na edição impressa desta sexta.

 

Posts Relacionado

Tijolos / Coleção / Fontes Históricas – Parte II

Continuação… Inicio com um dos preferidos da coleção, o F.F.B. Trata-se de um tijolo que almejava há algum tempo e via muitos dele no Museu de Salto. A sigla é a abreviação de Francisco Fernando de Barros, mais conhecido como Barros Jr. Ele veio parar

Marcando um encontro consigo mesmo

Você que começou a ler esse texto, peço licença para falar com seu lado mais íntimo, onde ninguém consegue entrar a não ser que você permita. Obrigada. Ter alguém tão perto de nossos pensamentos, principalmente daqueles mais sombrios ou tão perto dos nossos sentimentos, que normalmente